segunda-feira, 1 de maio de 2017

Insta last days

Conquistas aos sete meses e meio de gravidez. ;)

Brigada felina da mãe. 3 de 6!

Ida a Santa Luzia, na passada semana.

Evita e Blackie, mais de cinco anos juntas.

Prenda do meu irmão, futuro padrinho.

Introduzir o Rafael às tradições vianenses!

Piquenique este Domingo, com amigos. Um piquenique improvisado e abrigado, com direito a packs de fraldas!

Entrar em Maio com as Maias.

Boa semana!

35 comentários:

  1. Nesta altura ainda conseguir pintar as unhas dos pés deve ser mesmo uma grande conquista =D

    ResponderEliminar
  2. Tantos meninos lindos! As minhas gatas dão-se pessimamente!

    ResponderEliminar
  3. Fostu tu que pintaste as unhas? Valente! :)
    Introduzir o Rafael às tradições de Viana? Boa! :D
    Vê se que estás feliz, tendo em conta o sorriso radiante. Ainda bem.
    E essa "coroa" linda e colorida?! Aposto que foi obra da tua Mãe. Pelo que vou acompanhando aqui pelo teu Blog, já percebi que a Mamã tem jeito para artes manuais. Gostei.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que foi a mãe a fazer a coroa. ahah :D Obrigada!

      Eliminar
  4. Por que fazem tanta questão em calçar a criança?
    Os bebés querem-se sem sapatos, até começarem a dar os primeiros passos!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Visto que, até ver, viu aqui 4 ou 5 "sapatinhos", não sei de onde tirou essa ideia. :)

      Eliminar
    2. Mesmo!! Os pézinhos só de meias. Também nunca percebi esses sapatos de enfeite como eles chamam. O meu filho já tem 2 anos e se fosse por ele, andava sempre descalço :)

      Eliminar
    3. Anónimo, cada caso é um caso... o meu sobrinho gosta de andar calçado, por exemplo. :)

      Eliminar
    4. Sou a anónima das 18:34. Não falo da criança gostar ou não!Até porque sim, a maioria até prefere andar descalça. Referia-me a recém nascidos. Calçar bebés, para além de não ter qualquer vantagem, só o atrapalha nos movimentos. O sapato, só irá beneficiar o bebé a partir do momento em que começa a querer dar os primeiros passos e terá de ser um sapato de qualidade, em couro e com sola verdadeira.

      Eliminar
    5. Mas onde é que está escrito que os bebés tem que andar descalços ou de meias? O meu filho sempre andou calçado desde que nascer excepto de andasse de babygrow, com roupa normal sempre andou calçado. No inverno com botinhas de sola mole e no verão com sapatinhos de pano, descalço nunca.

      Eliminar
    6. Não está escrito em lado nenhum que os sapatos atrapalham. Cada um sabe de si e Deus sabe de todos. :)

      Eliminar
    7. Não está escrito, mas tambem concordo. É uma questão dw bom senso.
      Há quem não vista aos filhos roupas de golas e companhia por serem incomodas, com os sapatos em bebés pequenos é o precisamente o mesmo.

      Eliminar
    8. E também há quem ande com os filhos de body interior e fralda na rua com a desculpa que é confortável e eu nunca vi benhum bebé na rua desconfortável vestido de calções e camisola ou calças. Sabe como é que os bebés ficam desconfortáveis? Andar com eles na rua a qualquer hora do dia ou da noite, com frio ou com muito calor, não respeitar as horas de dormir ou de comer, não usar fraldas adequadas, andar em sitios com muito barulho ou muita confusão, andar de colo em colo quando eles só querem estar sossegados,etc....,isso sim trás mais desconforto que qualquer roupa ou calçado que tragam vestidos

      Eliminar
    9. Parece-me que aqui se falava de comodidade respeitante ao vestuário e não do modo de vida dos pais.
      É evidente que uma criança recém nascida e até bebés mais crescidos devem ter um dia a dia afastado de confusões, e terem um quotidiano calmo que respeite o seu ritmo,e de preferência longe do colo e dos beijos de todos e mais alguns.
      Quanto a mim, por respeito aos pais e bebé, só devia ser permitida a presença dos pais e avós na maternidade, tal como só receber visitas dos mais próximos uma vez em casa. Foi o que pedi aos meus familiares e amigos que entenderam o meu pedido e o respeitaram, tal como faço quando alguém próximo se torna pai/mãe.
      Como em tudo, mais uma vez é uma questão de bom senso, mas também de respeito e até de educação.

      Eliminar
  5. Podia até ter visto só um par... :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é por UM par (ou três ou quatro) que chega à conclusão que fazemos "tanta questão" em calçar a criança? Não creio. :) Lá está, nãp fazemos!

      Eliminar
    2. Não fazem, mas parece!!
      Nunca vi grávida nenhuma a querer levar para a maternidade sapatos (ou lá como lhes chamas) porque na lista pedem botas. Botas sim, mas botinhas de lã ou meias para se poderem calçar diretamente no pezinho para o manter quente.

      Eliminar
    3. S* não sou o anónimo de cima que comentou acerca dos sapatos para o bebé. (já agora sou a Anónima do comentário acerca da coroa), mas acho que deves pôr aqui as fotos que quiseres, os sapatinhos que quiseres, ninguém deve opiniar se a tua criança vai andar ou não descalça, de vai ou não gostar de sapatos nos primeiros tempos. Nem sequer gosto de vir aqui fazer comentários deste género, mas algumas pessoas abusam no que te dizem, quer dizer... Nem que tivesses paletes de sapatinhos para o Rafael. Tu é que sabes, tu e o Papá do menino. Além disso o blog é teu logo quem decide és tu. Nesse caso em específico, até foi o teu mano a oferecer os sapatinhos. E então? Acho muito bem. :) Que gente mais aborrecida. Aproveita e curte bastante esta fase, é normal que queiras tudo e tudo para o teu bebé, é normal que fiques "encantada" ao preparar as coisinhas... Há sempre alguém a mandar comentários enfadonhos só porque já foram mães (ou não) há algum tempo. És Mãe de primeira viagem, tens direito a "sonhar" e apreciar a gravidez e a vinda do Baby, da forma que entenderes. Beijoca

      Eliminar
    4. Anónima das 21h49, é saturante, não é? Uma pessoa mostra um PRESENTE e mesmo assim há gente que só tem "reparos" a fazer. :D

      Beijinhos e obrigada!

      Anónimo das 20h25, você é que é especialista... siga!

      Eliminar
    5. Deixa lá, é mesmo isso, siga! :) De nada, ora essa. Beijo, Boa noite

      Eliminar
    6. Olá S* nunca comento mas sigo à bastante tempo. Antes de mais parabéns pelo bebé a caminho, Eu tenho um bebe de agora 2 anos que nunca saiu à rua "descalço" (odeio ver bebés descalços) e muito menos saiu de "fatinhos" os chamados baby-grows. Para mim esses fatinhos são para dormir, o meu sempre vestiu roupa... São gostos, cada um faz o que gosta e como pode :) Beijinhos e toda a sorte e felicidade do Mundo

      Eliminar
    7. Unknown, já eu adoro baby grows. :D E adoro andar descalça, pelo que provavelmente o meu bebé vai andar muito descalço em casa... na rua, sinceramente, mesmo que nos primeiros meses, acho estranho andar descalço. :D

      Eliminar
    8. Unknown, concordo inteiramente consigo, o meu filho só saiu à rua de babygrows nos dois primeiros meses mas eram babygrows de sair à rua e porque nasceu prematuro com 43cm e na roupa mais pequena de 0 meses ficava enorme, e como nasceu no inicio do inverno só saia à rua para ir ao médico e às vacinas na alcofa do trio. A partir dai ersa sempre de roupa normal e calçado e sempre giro e super confortável.

      Eliminar
  6. as fraldas vão dar agora um jeitão!

    ResponderEliminar
  7. Gosto tanto de te ir seguindo no instagram (= os sapatinhos são muito fofos!

    ResponderEliminar
  8. Ai essas bolas de berlim!! Nhami :)
    Fraldas nunca são demais. Boa prenda :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Oh rapariga, tu não podes meter aqui nada. CREDO, só pessoas sem vida a comentar e avaliar a tua vida -.- que seca
    Estas tão feliz :) ainda bem ♥️

    ResponderEliminar
  10. A questão dos sapatos é igual à da roupa: uma questão de gosto. A minha filha usou nos primeiros tempos sobretudo babygrows. Acho que tudo o que é vestidinhos, camisas de folhos e golas, gangas, roupa de sair, etc, desconfortável e sobretudo pouco prático. O que não invalida que haja tanta gente que veste exactamente assim os filhos porque para eles não é assim tão desconfortável nem pouco prático, e babygrows só para dormir. Com os sapatos a mesma coisa. A minha filha passou o primeiro ano sem sapatos. Quando estava frio, ia de meias, quando estava calor, pézinhos nus. Como não andava, não precisava de sapatos. O primeiro par de sapatos teve-o agora, com quase 1 ano e meio. Porquê? Mais uma vez porque sempre achei que pôr sapatos em bebés que não andam é apenas algo desconfortável e pouco prático. O que não invalida que muitos pais usem pois sentem o oposto.

    É sobretudo importante que quando começam a tentar dar os primeiros passos, andei descalços (ou com meias) o maior tempo possível, de forma a que o pé se forme o melhor possível. Até lá? Não interessa se se põe sapatos ou não, é uma questão de gosto.

    Sendo sincera, olhando para as "botinhas" que a S* vai levar para a maternidade, não acho de facto que sejam as mais apropriadas (geralmente referem-se àquelas botinhas de lã que as avós tricotam) e confortáveis. Ainda assim, há muitas mães que quando saem da maternidade levam os filhos calçados com sapatinhos, o que mostra bem que mais uma vez é uma questão de gosto. O que para mim parece desconfortável não tem obrigatoriamente de o ser para outra mãe.
    (para finalizar, há mães que fazem questão de calçar os bebés, outras fazem questão de vestir com roupinha a sério, outras fazem questão que as meninas tenham lacinhos no pouco cabelo, outras fazem questão de vestir vestidos desde o 1° dia, outras fazem questão de usar pijamas, outras fazem questão de só usar roupa feita pelas avós...Porque é que hão-de estar erradas?)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tudo verdade Tété, o único problema é que algumas pessoas dizem "eu fiz assim porque eu gosto assim e é o que melhor se aplica ao meu filho e a mim" e outras criticam ao ponto de criticar aquilo que os outros gostam ou querem simplesmente porque acham que a que elas fazem ou pensam é que está bem, e nem têm inteligencia oara pensar que uma coisa que pode estar certissima para um bebé pode estar erradissima e não se poder aplicar a outro.

      Eliminar
    2. Eu admito que sou particularmente chata no que toca a questões de segurança e faço questão de informar para que depois os pais possam fazer as suas escolhas devidamente infirmados. Agora nestas coisas? São gostos, o bebé não fica em perigo...Ainda por cima a S* tem um sobrinho. Provavelmente a irmã até usou este tipo de botinhas e sapatos e não achou desconfortável pelo que é natural que a S* lhe diga o exemplo.

      Eliminar
  11. Amei os sapatinhos, são mesmo giros! Beijinhos*

    ResponderEliminar