quarta-feira, 26 de abril de 2017

Maravilhas da maternidade #9


E quando a doutora te pergunta "você tem posto creme na barriga?" e tu pensas "tenho, porra, duas vezes ao dia!".

"Sim, ponho sempre, duas vezes por dia..."
" E que creme?"
"Velastisa, da Isdin. Mas não tem adiantado muito..."
"Mas continue a pôr. E depois de nascer, ponha na mesma... que isto está assim um bocado feio".


Acha? Eu achei que as listas eram moda...

Foto de As Minhas Pequenas Coisas.

57 comentários:

  1. Pois...é o que tem de ser...da primeira gravidez pus um que a obstetra me recomendou! Nunca fui muito certinha é certo, mas fiquei toda estriada. Da segunda nem me dei ao trabalho. Fiquei como estava anteriormente.

    ResponderEliminar
  2. Muito creme, mas também têm a ver com a pele. Espero que resulte que as estrias ficam um pouco feiocas depois :)

    ResponderEliminar
  3. Eu fiquei cheia de estrias, mesmo aplicando creme. Não me serviu de, rigorosamente, nada.

    ResponderEliminar
  4. Eu pus sempre óleo de amêndoas doces e não tenho estrias na barriga nem no peito. Já nas pernas e no rabo (de engordar e emagrecer muitas vezes) tenho imenso.
    Mas, lá está, o teu bebé compensa tudo isso e mais. E ainda nem estás perto de saber o quanto. <3 :P Muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Eu usei sempre óleo de amêndoas doces e não fiquei com estrias. Já nas pernas e no rabo tenho dezenas e bem grandes (de engordar e emagrecer muitas vezes).
    Mas o teu bebé compensa tudo isso. :D E de que forma. :P Muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Não tenho experiência nenhuma na matéria, mas sempre ouvi falar muito bem de óleo de amêndoas doces e do Bio-Oil (não tenho a certeza de como se escreve). Tenho imeeeensas amigas grávidas actualmente e elas gostam muito desse último de que falei

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bio-oil é mesmo milagroso. A minha Mãe tem um amigo com uma grave cicatriz. Há anos que ele a tem, nunca nada o ajudou. Bio-oil ajudou imenso a reduzir a pigmentação e a atenuar a textura da cicatriz.

      Eliminar
  7. Manteiga de cacau (com processo de extracção a frio). Compra-se em lojas de produtos naturais, na zona de artigos de culinária. A sério, é maravilhoso. Enquanto elas têm cor, são tratáveis. Não desistaaaaas!

    ResponderEliminar
  8. Eu peço desculpa mas teres estrias não me arrepia, a médica ter a lata de dizer "isto assim está um bocado feio" é que me deixa a trepar paredes. Mas que observação feia e desprovida de empatia. Ser profissional de saúde não é mesmo para todos.
    S* mande a f### da próxima.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. M., pois! Eu limitei-me a olhar para o meu companheiro... Nem vale a pena! Aqui há uns dias fui a um médico do Hospital Particular, que também me mostrou escandalizado e mandou-me pôr muito creme... Não sei se eles acham que eu não tenho espelhos em casa. :P

      Eliminar
    2. Mas isso está assim em tão mau estado?

      Eliminar
    3. Anónimo, bonito não está. :)

      Eliminar
    4. Então não vais ter daquelas fotos cutxi cutxi de barriga de fora?

      Eliminar
    5. A mim não me parece que a médica tenha ofendido ninguém, acho que falou de uma maneira normal de uma situação que é visível...mais nada...

      Eliminar
    6. Anónimo das 14h46, dizer que a barriga de uma grávida está feia parece-lhe normal? Eu não acho. Como a visada fui eu, obviamente que a si não ofendeu. :)

      Anónimo das 12h38, claro que vou!!

      Eliminar
    7. A médica não disse que a barriga de grávida está feia, disse que as estrias estão um bocadinho feias....parecendo que não é um bocadinho diferente...

      Eliminar
  9. Eu já ouvi falar que o creme Barral faz bem...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  10. Nunca cheguei à fase da barriga muito crescida por isso as estrias passaram-me ao lado.
    Mas a ideia que tenho é que há quem seja propenso e quem não seja, e depende mais disto que da quantidade ou marca do creme que se coloca!

    ResponderEliminar
  11. Não acho o comentário da Médica assim tão dramático. Ok, há outras formas de dizer, mas esse comentário acaba por ser um incentivo. É mesmo assim que funciona. Como sabes, podes usar desde cremes a óleos (bio oil, óleo de amêndoas doces, da Palmers específico para grávidas ou outros produtos da tua preferência).
    A ideia é hidratar, contudo, vai sempre depender de pessoa para pessoa. Conheço pessoas que ficaram cheias de estrias com a gravidez e outras sem. Eu nunca estive grávida e tenho estrias devido a oscilações de peso durante a adolescência. Não gosto, obviamente... Mas aprendi a viver com... Há coisas piores. Tenta ver o lado positivo. Se ficares com algumas estrias, são estrias de Amor. Sim, Amor pelo teu baby Rafael. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu achei rude, na verdade, pois eu tinha acabado de lhe dizer que punha creme (e um bom creme) duas vezes por dia. Incentivo para quê, nesse caso? Creme eu já coloco, água eu já bebo... só se tiver de rezar aos santinhos. :P eheheh

      Eliminar
    2. Incentivo no sentido em que ficaste a pensar na resposta (rude) e assim se já pões creme, tenho a certeza que agora vais mesmo abusar do dito creme. Quando ouvimos algo que não gostamos ou achamos excessivo, a verdade é que pensamos e reflectimos sobre... mesmo que não queiramos admitir. Enquanto as estrias são de cor avermelhada ainda podemos dar cabo delas, porém, a partir do momento em que ficam "brancas" é para esquecer. As minhas que tenho há anos, sei que serão minhas para todo o sempre. Nesta fase não vão desaparecer nem com o creme mais caro do planeta. Rezar aos santinhos, fica ao teu critério. :P Faz a tua parte, hidrata muito exterior e interiormente e o que vier a seguir, logo se vê. É óbvio que ninguém gosta, nada mesmo, mas... É o nosso corpo, é preciso aceitar que é nosso com as suas particularidades.

      Eliminar
    3. Anónimo das 16h43, poderia concordar consigo, se eu não tivesse dito à médica que efectivamente punha creme, e um bom creme, duas vezes ao dia. Achei um comentário desnecessário, mas não me deixou chocada... só achei desnecessário. Por acaso eu não ando muito preocupada com as estrias, mas há mulheres que estão muito sensíveis e que poderiam reagir pior a uma observação dessas. Acho que não havia motivo para fazer esse tipo de reparos... :)

      Eliminar
    4. Eu entendo que há formas mais simpáticas de enviar a mensagem, neste caso o comentário da Médica, aliás, referi isso no primeiro comentário, porque sim há mulheres mais sensíveis e com a gravidez pior ainda, mas não stresses com as estrias. É como te disse, continua com os teus cuidados e pensa positivo. :) Beijinho

      Eliminar
  12. Há fatos de banho bem giros 😂

    ResponderEliminar
  13. Lindo, lindo é após o parto... Para além das estrias, que até são pequenas e poucas (bebé de 4,5k), fiquei com a barriga toda flácida e em bónus uma cicatriz na vertical, devido a uma cesariana de urgência.
    Chorei durante uma semana!!

    É lindo tê-los nos braços, sim, mas ficarmos com uma barriga horrível é bastante chocante, numa altura em que se anda com as hormonas todas alteradas.
    A coisa foi melhorando, mas continuo com um complexo terrível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Admito que, nesta fase, não gosto de ver mas não me incomoda... o problema será certamente depois!

      Eliminar
    2. Nesta fase tens o teu bebé lá dentro, é óbvio que não te incomoda. Mas quando já não tiver preenchida imagina como ficará. Viste as fotos da Catarina do Ties ? É preciso coragem!

      Eliminar
    3. Nop, nem conheço esse blogue... vou pesquisar. :)

      Eliminar
    4. Ui comparar a Catarina do Ties à S. vai uma grande distancia. A Catarina passou por 4 partos e 5 gravidezes em 7 anos, não aguardando sequer o tempo recomendado entre gravidezes. Não assustem a rapariga!!

      Eliminar
    5. Não conheces a fotógrafa Tiesphoto? Procura pela foto da barriga dela. Tem uma família linda, mas ficou desfigurada, agora fez uma operacao plástica

      Eliminar
    6. http://www.ties.pt/2014/06/marcas.html?m=1

      Eliminar
    7. http://www.ties.pt/2017/04/abdominoplastia-minha-cirurgia-parte.html?m=1

      Eliminar
    8. eheh Já estive a ver, obrigada pelas dicas. Depois de 4 partos e 5 gravidezes, como alguém disse acima, pois que o corpo naturalmente se reflecte... e também concordo que o corpo precisa de tempo para voltar ao sítio (se é que alguma vez volta!!). :) Não me choca, de todo... mas gostava de não ficar com marcas tão carregadas...

      Eliminar
    9. Ela ficou assim logo da primeira!

      Eliminar
    10. Em 3 anos, engravidei 4 vezes e tive 3 partos. Passaram alguns anos e hoje a minha barriga parece-se com a barriga da Catarina, após a plástica dela, mas tenho menos gordura e sou mais estreita.
      Tenho estrias sim, flacidez e até uma cicatriz na vertical de uma cesariana, mas acho que nem sou das piores, pelo menos continuo a usar bikini.

      Eliminar
    11. Não li o post dela, mas fico com a impressão que também lhe retocaram as maminhas.

      Eliminar
    12. É capaz de também depender da genética.
      Eu era relativamente magra antes de engravidar pela primeira vez mas durante a adolescência perdi imenso peso (que me trouxe algumas estrias também) - sempre tive imensa tendência para engordar e sempre fui gorda até ter sensivelmente 14/15 anos.
      Apesar de estar dentro do IMC normal e até ser "magra", pelo menos para o que era antes, a minha barriga não era musculada como a da Patrocínio, por exemplo. E, no entanto, apesar de não ter ficado logo a 100% (ó pessoas, se demora 9 meses a ficar assim queriam sair da maternidade já sem barriga e totalmente lisas?!) e obviamente ter demorado alguns meses a regressar ao meu corpo, facto é que fui voltando ao que era antes. Com os abdominais hipopressivos até cheguei ao ponto de ter a barriga mais rija 1 ou 2 anos depois de ter tido o meu filho do que antes de o ter (ou de que em qualquer outra altura da minha vida).

      O que mudou para mim foi que a minha anca - o osso - alargou. Teria de ficar anoretica para voltar a caber no meu 34.

      Contem com sair da maternidade com uma barriga equivalente mais ou menos a 6meses de gravidez. Mas vai-se perdendo imenso e ela vai indo ao sitio (como o restante corpo). Só que demora o seu tempo até todos os órgãos irem ao sitio.

      Eliminar
    13. Me chocou, realmente muito feio. :(
      Agora esta bem melhor apos a cirurgia.
      Se o corpo ficou daquele jeito de primeira... Deve ter uma genetica muito ruim, tadinha.

      Eliminar
    14. Anónima das 20h44, faz você muito bem. :)

      Senhoras, sem stresses... são "marcas de guerra" que temos de aprender a aceitar. Obrigada!

      Eliminar
    15. Anónimo, agradeço o comentário mas não aceito comentários sobre outras bloggers quando considero que, de alguma forma, os comentários podem magoar.

      Eliminar
  14. Olha eu não pus nada, nadinha e resultado não tenho nada, aliás tenho a barriga que sempre tive. ahahha

    É o que tem que ser!! Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Provavelmente não disse por mal :)
    Eu prefiro que me digam!
    É como ir à depilação, detetarem pelos onde não os devemos ter e não avisarem porque não pedimos para tirar ali.
    Vale sempre a pena saber e (tentar) agir em conformidade!
    Que corra tudo muito bem convosco e com o bebé :) (com ou sem estrias! ;) )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo das 13h42, evidentemente que não disse por mal, ninguém põe isso em causa... mas pareceu-me desnecessário. É que, ao contrário do exemplo que deu, não há nada que a médica diga ou aviso que faça que vá melhorar um facto. :)

      Eliminar
  16. Se te consola, ficas a saber que tenho a tua idade e imensas estrias nas coxas e no rabo... E nunca estive grávida! ;) (E ainda pior é a celulite...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh Por acaso nunca tive celulite, apesar de ser rechonchuda... :D

      Eliminar
    2. Normalmente, as mulheres que são mais largas de tronco e tem pernas finas (o que parece ser o teu caso), não costumam ter celulite ou têm muito pouca. Tens, o que se chama, corpo de maçã.
      Eu sou ao contrário, sou pêra, tenho pernas grossas e rabo arrebitado, mas sou estreita de cintura e tenho peito farto. Tenho celulite que piora bastante quando ganho algum peso.

      Eliminar
    3. Sim, acho que sim, o meu corpo é mais largo em cima que em baixo. Gosto bastante - até - das minhas pernas, embora obviamente tenha coxa relativamente grossa... mas sou mais larga na cintura e tenho peito bastante grande. A minha mãe tem as pernas mesmo magras e zero celulite. ;)

      Eliminar
  17. É, isso vai mesmo da pele de cada uma. Eu na gravidez pus sempre barral amêndoas doces e velastisa, duas vezes por dia até ao fim e livrei-me das estrias até 2 semanas antes do meu bebé nascer, depois nesses últimos dias é que elas deram de si e fiquei com meia dúzia na parte de baixo da barriga. O que me chocou e não estava preparada para isso foi o estado em que a barriga ficou, super flácida e "de avental" :( não sei se isto irá ao sítio só com exercício e dieta, mas quer-me parecer que só com abdominoplastia. Enfim, são danos de batalha, e pela melhor causa do mundo, mas o corpo muda imenso e fica muito "abalado", lá isso é verdade.

    ResponderEliminar
  18. Já se disse aqui tanta coisa... mas acredito mesmo que depende de pessoa para pessoa. Independentemente disso, eu usei uma gama da Elancyl própria para grávidas e a pele esteve sempre óptima e a recuperação foi excelente. Mas também sou fã da isdin. Apenas para partilhar mais uma experiência :)

    ResponderEliminar
  19. Os cremes podem ajudar mas a genética ajuda e muito.
    Primeira gravidez, creminho todos os dias e comidinha da boa. Estrias zero, mas peso a mais 25 quilos.
    Seis meses depois estava ainda mais magra do que no início da gravidez.
    Segunda gravidez, creme zero e estrias zero. Peso? Outra vez 25 que se foram num instante.
    Há pessoas e pessoas. Há pessoas cujos filhos já foram para a tropa e ainda dizem que o peso que tem a mais foi o que ganharam na gravidez!

    ResponderEliminar
  20. Olha S* para já estás fsntastica e a barriguinha assim ou assado ha-de estar linda. Depois logo se vê :) aposto que ficaras linda ba mesma.

    ResponderEliminar
  21. Eu sinceramente acho que quem decide é a genética, pelo menos aí uns 90%, por cada creme que conheço sei de alguém que usou e ficou com estrias e alguém que usou e não teve. E é também o que li de estudos médicos e assim.

    Eu usei dos mais variados com uma disciplina assim assim, e nas últimas semanas, de repente, puff!

    Mas o que vinha aqui dizer era isto: oito meses depois, já estão muito mais clarinhas. E quando ficarem transparentes acho mesmo que não se vêem quase nada...

    (não digo isto para que não ponhas creme, às tantas ajuda a reganhar firmeza mais rápido)

    ResponderEliminar