quinta-feira, 16 de março de 2017

Maravilhas da maternidade #5


Uma pessoa deve ter o filhote nos braços lá para Junho.

Uma pessoa vai gozar da licença da maternidade, pelo que vai passar o Verão livre e descontraída.

Uma pessoa suspeita que não vai apresentar este corpinho na praia durante o próximo Verão.

Uma pessoa (ei, juro que não sou eu...) parece uma zebra na barriga e uma morsa em potência no resto do corpo.

Uma pessoa está a adorar a gravidez, mas desconfia que não vai gostar do corpo que vai ter depois da mesma.

34 comentários:

  1. Tudo a seu tempo! Depois de ter o Rafael nos braços logo pensa no resto. Enjoy!
    https://jusajublog.blogspot.pt/?m=1

    ResponderEliminar
  2. Olá. De certeza que vão aparecer por aqui comentários a dizer-te para pores creme e óleo, que assim as estrias não aparecem. Por experiência própria sei que é diferente de corpo para corpo. A minha mãe engordou 40 (!!!) quilos quando estava grávida de mim, depois disso emagreceu e nunca lhe apareceu uma estria em lado nenhum. Eu desde os meus 10 anos que sou bastante gordinha e tenho estrias em todo o lado: maminhas, rabo, interior das coxas, joelhos, interior dos joelhos, interior dos braços, os lados da barriga. É terrível, principalmente o peito. Com isto quero dizer: força!! E pensa: é esse teu corpo saudável que está a gerar a vida do teu filho, e está a trabalhar o melhor que consegue para o fazer crescer bem, com saúde e protegido. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, uso Velastisa da Isdin e Barral óleo de amêndoas desde as 4/5 semanas de gravidez. Todos os dias, religiosamente, duas vezes ao dia... infelizmente de nada adiantou. Cada pele é como quer. :D

      Obrigada!

      Eliminar
    2. Bem, podes sempre pensar que estarias muito pior se não fizesses! Cada pele é uma pele e acima de tudo cada gravidez é uma gravidez! Há mulheres que ganham estrias numa gravidez e na seguinte não, parece ser um pouco aleatório. Mas eu realmente gosto sempre de pensar que se não tivesse determinado cuidado estaria ainda pior. Permite que te aconselhe também um creme que pode ajudar a prevenir a episiotomia, o elastabo, que reforça os músculos lá em baixo. Podes até precisar na mesma, mas ajudará a prevenir até o tamanho do corte e a recuperar dele também. Beijocas e tudo a correr bem!

      Eliminar
    3. Já tinha ouvido falar de um creme, mas não sabia o nome. Muito obrigada!

      Eliminar
  3. Depois a pessoa, relaxada e descontraidamente vai debruçar-se em tratar do corpo. Porque é essa a atitude da pessoa perante a vida :)
    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. É, faz parte. Eu só comecei a preocupar-me com isso MUITO depois de ele ter nascido :) só queria apreciar o meu bebé lindo. Não te preocupes muito! :P

    ResponderEliminar
  5. Depois tudo volta ao normal, a seu tempo. Beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Não te preocupes com isso agora. Vive a gravidez em pleno e com serenidade.
    Depois mais para a frente pensa. O corpo, principalmente se amamentares vai indo ao sitio aos poucos.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. Olá S*, não me leves a mal mas o teu corpo não está assim tão diferente com a gravidez do que era, tú sempre tiveste excesso de peso agora estás a ganhas barriga (e estrias)....mas se não te sentires bem com o teu corpo no pós-gravidez (gravidez não é desculpa para tudo) podes sempre consultar um nutricionista e começares a fazer refeições equilibradas que te levem a perder o excesso de peso e sentires-te bem contigo própria. (Se bem que se tiveres um bebé dificil que não durma, só chore, não te deixe dormir nem comer como me aconteceu a mim perdes peso num abrir e fechar de olhos que chegamos rápido a um cansaço extremo)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah Eu não levo nada a mal. Até ver 'só' aumentei 3 quilos na gravidez. Não estou mais gorda, não sinto que esteja mais gorda no resto do corpo... mas, desculpe, tenho uma pança considerável e isso eu não tinha. :D E as estrias são na barriga. Lá está, sempre fui redondinha, mas não tinha barriga saliente (pelo menos, não assim!) e muito menos tinha estrias. Não se pode comparar excesso de peso 'normal' com marcas de gravidez.

      Eliminar
    2. Mas nao foi exatamente isto que a anonima disse? :P
      Que estas a ganhar barriga, que no resto o corpo esta igual. E concordo com ela. Acredito que por enquanto a parte morsa esta tranquila. Estrias todo mundo sabe ser um pesadelo e ninguem gosta.

      Eliminar
    3. G., ahah. Sim, eu não disse que a anónima disse algo diferente. O excesso de peso nunca me chateou e não chateia agora. Mas as estrias dão cabo de mim... são tantas! E não queria muito ficar com barriga descaída... mas a ver vamos. Ontem não gostei do que vi, mas hoje já me sinto mais bonita. :D

      Eliminar
  8. Acredito que custe, mas depois tens tempo de cuidar mais de ti e te sentir melhor :) Por enquanto acredito que estás a fazer o melhor para ti e para o pequeno Rafael! <3

    ResponderEliminar
  9. A parte da morsa há de voltar ao sítio a seu tempo. A parte da zebra, infelizmente, é mais chata, mas tudo se resolve :) E para os teus dois homens, has de continuar a ser a mulher mais linda de todo o mundo (e quando ouvires o teu filho dizer que a mãe é "pincesa" e "xira" até te vais esquecer de tudo o resto!) :) Força!

    ResponderEliminar
  10. Confesso que essa é uma das razões para ter receio de engravidar. Apesar de gerar um filho ser algo único, não sei como vou lidar em ficar com o corpo com marcas permanentes....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. M., acredite que é secundário. Eu não gosto de me ver com estrias, admito perfeitamente. Mas penso pouco nisso, nesta fase. Depois certamente será pior. ;)

      Eliminar
    2. M. isso é tão mau que não o costumo dizer mas concordo em pleno. E eu (que sou magra, maneiras que não tem nada que ver com isso), desde muito novinha que tenho estrias no peito, no rabo e coxas e parte interior dos joelhos. Não é nada de terrível, nem me inibo de vestir o que me apetece, mas tenho imenso receio do estado em que ficaria a minha barriga na sequência de uma gravidez.

      Eliminar
  11. Nem penses nisso :) o baby R vai fazer te esquecer tudo

    ResponderEliminar
  12. Essa pessoa tem de pensar nas coisas boas e depois tentar resolver as coisas menos boas.

    ResponderEliminar
  13. É fazeres como uma se eu conheço.

    Ah... Ficaste com tantas estrias depois da gravidez, tens a barriga mesmo feia (ler com voz de coitadinha).

    Nah... Isto é de f#d*r à Canzana.

    Juro que me engasguei quando ouvi a resposta

    ResponderEliminar
  14. Deixa lá, também nessa altura nem é aconselhável o miúdo já ir à praia, em 2018 desforras-te!

    ResponderEliminar
  15. Estimada leitora anónima, agradeço o incentivo. Não aceitei o seu comentário por tecer críticas sobre outra blogger e, por princípio, não aceito esses comentários no meu blogue. Mas agradeço! :)

    ResponderEliminar
  16. Junho é um mês que adoro :) tenho vários acontecimentos fofinhos nesse mês e portanto é um mês impecável para teres o teu bebé!
    Quanto ao corpo, é mesmo assim, a mãe dá literalmente o corpo ao manifesto. Faz parte. Estrias tive a sorte de não ter nenhuma.
    Mas acredita que com o bebé nos braços nem vais reparar nessas "marcas" no corpo que são a prova física do milagre maravilhoso que os papás fizeram :)

    ResponderEliminar
  17. Acredita que o teu corpo não voltará a ser o mesmo, mas tudo o que ficar "fora do sitio" lembrar-te-ás a razão pelo que foi e então, será tudo muito relativo.

    ResponderEliminar
  18. Não te preocupes com isso.
    Se fores como algumas - eu incluida- ficas mais magra do que antes de engravidar graças ao stress. Nem sei como algumas arranjam tempo para comer. Eu tinha que escolher se comia, tomava banho ou dormia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente, a mim aconteceu-me o mesmo..ou comia, ou tomava banho, ou dormia...ou não conseguia fazer nada disso....

      Eliminar